...

10 de junho de 2012

Tudo tem que ter um porque?


Às vezes quero levantar, mas meu corpo insiste em ficar sentado... Outras vezes tento andar, mas não tem chão a minha frente... Queria sorrir, mas cadê a alegria?... Queria ser forte, mas falta-me forças... Queria ir adiante, mas não tenho direção... Todos me veem e julgam-me como melancólica, outros dizem que me revoltei, outros nem me enxergam... Como poderiam me entender se nem eu me entendo? Porque tudo tem que ter um porque?
Porque tenho que sempre está alegre? se quero hoje chorar... por que tenho que ir a igreja? se hoje quero chorar... Porque tenho que conversar? Se quero ficar em silêncio. Porque tudo tem que ter um porque? Não basta somente não ter vontade... Não tenho vontade de ir a igreja... Não tenho vontade de sair... As vezes não tenho vontade nem de tomar banho... Por que tudo tem que ter um porque? Por que estaria eu odiando, revoltando-me contra coisas que não existem?... Vivo eu em meu mundo, mas ninguém percebe, vivo em cavernas, mas ninguém ver... Porque tudo tem que ser como as pessoas querem? Quem esquadrinha meu coração? Quem sente a minha dor? Quem vive os meus fracassos? Quem chora as minhas lágrimas? Eu...somente eu... Por que então tudo tem que ter um porque? Queria poder dormir e acordar quando minha tempestade acabar...queria poder sair para um lugar onde ninguém me conhece, entrar e sair como gente, não tento que ser forte, ou supercrente...queria ser gente... Será que sabem que eu tenho coração? Será que sabem que eu sinto dor? Mas não, não sabem, só sabem o que veem, eu aqui lutando sozinha, às vezes acerto, outras vezes erro, às vezes aplausos, outras vezes vaias... Mas por que tudo tem que ter um porque? Hoje só quero ser eu...eu mãe, eu mulher, eu esposa, eu dona-de-casa...não eu só quero ser eu..eu gente depente da graça de Deus!!! Eu gente, eu gente, eu gente!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comenta vai!
Nós adoramos!