...

3 de fevereiro de 2014

O que é Autismo?

fevereiro 03, 2014 0 Comments

Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é um termo que tem sido usado por muitos profissionais para descrever crianças que apresentam dificuldades na interação social, no brincar e na comunicação.
TEA não é um termo médico. Mas é uma maneira prática de descrever um grupo grande e variado de crianças com semelhanças na sua maneira de processar as informações e entender o mundo.
Você pode ter ouvido os termos Transtorno Invasivo do Desenvolvimento, Autismo, Síndrome de Asperger, Hiperlexia e Transtorno Semântico-Pragmático, todos associados aos TEA. Independente do diagnóstico dado a uma criança, lembre-se primeiro e principalmente de que cada criança é um indivíduo único, com seus próprios talentos e desafios.
Os rótulos podem ser amedrontadores. Mas o rótulo de TEA pode ajudá-lo a ter acesso a informações e serviços adequados para a criança. Reconhecer as necessidades especiais da criança é o primeiro passo para ajudá-la a se desenvolver e melhorar.

Características

Transtornos do Espectro do Autismo é um distúrbio do desenvolvimento que normalmente surge nos primeiros três anos de vida da criança. Estimativas atuais mostram que o TEA, abrangendo todos os diagnósticos do espectro, ocorre aproximadamente dois a sete em cada 1.000 indivíduos. É cerca de três a quatro vezes mais comum em meninos do que em meninas.
O TEA atinge a comunicação, a interação social, a imaginação e o comportamento. Não é algo que a criança pode contrair. Não é causado pelos pais. É uma condição que prossegue até a adolescência e vida adulta. Contudo, todas as crianças com TEA continuarão a demonstrar progresso no desenvolvimento; há muito que pode ser feito para ajudá-las.


21 de janeiro de 2014

Mulher do bem!

janeiro 21, 2014 0 Comments






“Ela lhe faz bem e não mal, todos os dias da sua vida!”

(Provérbios 31:12)


Conceito:

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Bondade é a qualidade correspondente a ser bom, ou seja, a qualidade de manifestar satisfatoriamente alguma perfeição, que se pode aplicar a pessoas, coisas e situações. A bondade pode significar a disposição permanente de uma pessoa em não fazer o mal




“Não devemos permitir que alguém saia de nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz.” 

(Madre Teresa de Calcutá)



Quantas de nós não nos queixamos quanto a bondade de alguém? Quantas de nós não nos decepcionamos com aquela amiga falsa? Quantas mulheres se queixam dizendo “Não existem amigas de verdade”, “Não conte com ninguém, pois ninguém se importa com você” e “As pessoas são todas iguais”? Você já ouviu essas frases? Você já falou alguma delas? 

Sem sombra de dúvidas todas nós já declaramos e já ouvimos amigas declarando tais frases. 

O que nos leva a pensar assim? Talvez você automaticamente responda “Eu tive muitas decepções”, “Fui vítima de amigas falsas”... Sim eu acredito nisso, eu também já me decepcionei muitas vezes, mas também tenho amigas de décadas literalmente, que sempre posso contar, elas conhecem – me por inteiro, conhecem minhas fraquezas, meus defeitos, minhas qualidades, mas mesmo assim permanecem amigas fiéis.

Nós seres humanos temos a mania tola de supervalorizar as coisas ruins que acontecem conosco, deveria ser ao contrário, nossos lábios e nosso coração deveriam falar e lembrar-se das coisas boas que outras pessoas nos fizeram, assim seríamos mais felizes e com certeza seríamos pessoas melhores.

Mais uma vez ressalto o “SER” e não o “TER”, que tal sermos aquela amiga dos nossos sonhos? Aquela com quem alguém possa conversar, alguém com quem possa desabafar, alguém com quem possa contar? Que tal darmos tudo o que queremos receber?

“No fundo dar e receber são a mesma coisa, pois acontecem ao mesmo tempo. Enquanto estou dando com uma mão, estou recebendo com a outra.” (Autor desconhecido)

Erramos muito na vida por que sempre olhamos para o nosso próprio umbigo, é sempre o “mais e eu?”. Nossa como isso nos faz infelizes e insatisfeitas! É terrível!

Nesses últimos meses eu estava assim reclamando de tudo e de todos principalmente do meu esposo, não enxergava ninguém a não ser eu mesma, minhas necessidades, só as minhas, e lhe digo meu casamento quase foi por água a baixo, mas graças a Deus meu esposo é sábio e me ajudou a superar minhas crises, na verdade ainda está me ajudando! Além disso, também há em mim o desejo de mudar, de ser menos exigente, de esperar menos das pessoas e de mim mesma, há em mim o desejo de amadurecer e não ser como todas, mas ser diferente, de fazer a diferença, quero chegar na melhor idade e ter palavras sábias, não apenas histórias de aventuras que eu vivi, mas ensinar que um grande livro em branco foi-me dado para escrever e eu decidir escrever a mais linda das literaturas, não uma história em quadrinho que só servirá como passatempo.

As coisas podem mudar quando nós começamos a mudar. Quando paramos de pensar em nossas necessidades e começamos a pensar na necessidade das pessoas que fazem parte da nossa vida, um milagre acontece: Todos começam a mudar sem que precisemos dizer uma palavra! Isso é maravilhoso e verdadeiro!

Isso tem acontecido comigo. Tudo tem mudado meu casamento, minhas amizades, meu relacionamento com minha filha. Não vou mentir e dizer que está sendo fácil, mas não está sendo impossível ou insuportável, está sendo edificante.

Não espere que seu esposo ou as outras pessoas mudem para que você possa mudar. Torne-se uma pessoa melhor, trate-os do jeito que gostaria que eles lhe tratassem. Faça-lhes bem todos os dias, não apenas por uma ou duas semanas.

Sou uma caminhante na estrada do aprendizado do amor. Às vezes, exausta, eu paro um pouquinho. Cuido das dores. Retomo o fôlego. Depois, levanto e, seduzida, enternecida pelo chamado, cheia de fé, eu prossigo. Um passo e mais outro e mais outro e mais outro, incontáveis.

Sei de cor que não é fácil, mas sei também que é maravilhoso olhar para o caminho percorrido e perceber o quanto a gente já avançou, no nosso ritmo, do nosso jeito, um passo de cada vez."

(Ana Jácomo)


O gostoso de tudo isso é que podemos a cada dia nos tornar melhores, basta querer, com força de vontade e dedicação nós faremos a diferença nesse mundo onde muitos decidem ser a cópia disso ou daquilo.

Deixo pra você algumas dicas que tenho seguido:

• Ponha-se no lugar da outra pessoa;

• Não demore em fazer pelos outro o que você pode fazer facilmente hoje;

• Se o que você vai dizer não edifica, feche a boca, contenha-se;

• Se tiveres algo que não precisas e conhece alguém que necessita doe;

• Você não precisa ter sempre uma palavra, um abraço muitas vezes fala mais que mil palavras;

• Faça o que aquela pessoa quer de você, e não o que você sente vontade de fazer por ela.


Todos os dias da sua vida deseje fazer o bem e a sua vida lhe agradecerá!