Ano Novo, notícias boas!!!!

Escrito em 01/01/2012
                 Hoje estou feliz, há muito tempo, a mais ou menos um ano eu não ouvia um som se quer saindo da boca da minha filha, antes da internação ela ficava em pé encostada, arrastava e dizia mamã, papa e nenê, mas depois da internação em novembro de 2010 até janeiro de 2011 ela regrediu muito, deixou de ficar em pé, de arrastar e dizer mamã, papa e nenê. Em junho de 2011 ela voltou a arrastar, pra frente e para trás, nossa foi uma alegria só! E logo após a cirurgia (gastrotomia) ela voltou a esticar as pernas para ficar em pé, ainda não está ficando em pé como antes, mas de joelhos abaixa e levanta isso nos trouxe muita esperança. E para nos esperançar mais ainda Jesus nos deu um presente de ano novo, ontem a noite ela ficava o tempo todo mamã, mamã, mamã... Ai Jesus! Foi maravilhoso ouvir a voz da milha filha e vou te contar um segredo é lindíssima a voz dela... rsrsrsrs

Quero trazer à memória aquilo que me pode dar esperança – Parte II (Lm 3: 21)

Escrito em 29/12/2001
                                                                                             
                Esperança é o que muitos hoje precisam. A falta dela traz conseqüências terríveis, o suicídio, o mergulho nas drogas, na prostituição... é a falta dela que faz a humanidade mergulhara mais e mais no pecado.
                Era assim que eu andava, sem esperança eu mergulhava na amargura e na solidão, até que alguém me falou do amor de Deus  (Jo 3:16) e foi assim atraída por laços de amor que eu me entreguei a Jesus. A esperança em meu coração nasceu, foi a semente do amor de Deus que a fez nascer. Mas o tempo foi passando e o mundo com suas tribulações começaram a inflamar o meu coração, porém Jesus me alertou sobre isso em Jo 16:33. Glória a Deus! Pois com Ele eu posso vencer  as aflições  deste mundo tenebroso!

A Ju e a gastrotomia


Escrito em: 21/12/2011
Mais de um mês já se passou e aquilo que eu pensava ser horrível nos trouxe alívio e descanso. A Ju já ganhou peso, os vômitos diminuíram consideravelmente , quase cessaram, ela está mais esperta e eu mais tranqüila. Estamos lutando agora para trocar a dieta, pois a que ela recebe tem pouca caloria e é especial para crianças que tem intolerância a lactose o que ela não tem...mais um erro dos médicos entre outros que foram corrigidos em São Paulo., mas isso é assunto para outra postagem. O incrível é a tal burocracia estamos recebendo um leite que custa  quinhentos reais a lata, ela recebe 23 latas por mês, e o que ela precisa receber custa trinta reais a lata, uma diferença de onze  mil novecentos e sessenta reais por mês para o Estado, mas eles querem continuar gastando a mais, pois temos que entrar com um novo processo para a troca do leite, é incrível , se ela tem direito para que ter que entrar na justiça para receber? E se já foi ordenado pelo juiz que o Estado der a dieta dela mensalmente por que eles simplesmente não trocam, é mais rápido e o Estado já estaria economizando, mais a BURROCRACIA não permite, é mole...

Quero trazer à memória o que me pode dar esperança.Lm 3:21

Escrito em : 20/12/2011

Quero e insisto em trazer à memória o que pode me dar esperança. Luto todos os dias contra essa dor. Digo-me constantemente: TUDO TEM SEU TEMPO DETERMINADO E HÁ TEMPO PARA TODO PROPÓSITO DEBAIXO DO CÉU. (Ec 3:21) isso me consola e fortalece , mas tem hora que as indagações sufocam a minha fé. Sei que Deus tem um propósito, mas não sei se conseguirei chegar até o fim dessa jornada e como Paulo dizer Lutei o bom combate, seguir a carreira e guardei a fé. Oro para que Deus me sustente.
Topo