Meu hoje...

"Tem momentos em que a gente chora.
A gente não pode sentar e chorar para sempre, mas às vezes a gente precisa sentar e chorar por meia hora, enxugar as lágrimas e seguir a rotina." (Marie Dorion)


Meu dia hoje está assim, parado nessa meia hora. Meia hora onde descanso da mulher forte e me visto da fraca e cansada. Infelizmente estes dias existem e passam tão devagar... Hoje foi mais um dia do cocô, foi assim que batizei os dias em que temos que enfrentar as lavagens intestinais.
Juju tem um sério problema de prisão de ventre, há anos lutamos com isso, exames, consultas, remédios, uma rotina que não tem fim e que vez ou outra me derruba.
Ser mãe especial não é um fardo, não me vejo assim, carregando um fardo. Porém não é morar no céu onde somos recarregadas diariamente com força, fé e alegria, às vezes a bateria acaba antes de recarregarmos. Sinto-me privilegiada por ser mãe da Juju e às vezes me pergunto o que Deus viu em mim para confiar-la aos meus cuidados, mas, Deus sabe o que faz.
Ele sabia que haveriam dias nublados e desesperadores em que eu me perderia em meio as minhas imensuráveis indagações e dores, mas mesmo assim acreditou em mim!
Sinto-me extremamente cansada hoje, meu corpo e minha alma estão exaustos. Por isso decidi escrever. Tenho um sério problema, não sei desabafar, procurar colo, dias assim me isolo e quando posso as escondidas derramo minhas lágrimas. Confesso que já tentei, mas me cansei de ouvir "seja forte", "tenha fé", "não tenha medo", "vai dar tudo certo"... Frases repetidas sem sentido, é difícil alguém só te ouvir e dar colo. Momentos assim não quero ouvir nada, não quero colocar nada pra dentro por que aqui dentro já está lotado, quero me esvaziar ... Quero me sentir humana e não uma super mulher ou super mãe... e como é difícil ser humana!!! É mais fácil colocarmos nossas máscaras e capas e fingirmos que somos super-heroínas, inabaláveis! Mas eu insisto em ser assim, gente! Gente que chora muito, que cai e levanta, que tem medo mais segue em frente com olhos fechados e o coração cheio de fé.

Vou continuar assim sendo como sou gente!
Hoje chorando...
Caminhando...
Amanhã sorrindo...
Continuando